segunda-feira, 30 de novembro de 2009

::
estou enlouquecendo. segurem-me, amordacem-me, mantenham-me sob vigilância constante.
não me deixem sozinha por ai; sou um perigo, uma inconstância, uma negação.
estou adoecendo aos poucos, estou morrendo aos bocados. prometo me fazer sofrer só pra ficarem assistindo.
estou enlouquecendo e preciso que me mantenham longe de mim ::

3 comentários:

jls disse...

"uma negação"? oO
Manter-se longe de si mesmo é como fechar os olhos para a própria dor... Nós somos nossos próprios montros e isso é o suficiente pra enlouquecer, e por mais que nos vigiem, amarrem, segurem... aqui estaremos nós presos em nós mesmos em súplicas pela libertação, mas a chave está do lado de dentro enquanto a loucura nos toma e devora... =X

Nooosa! eu tô hiper depre. deus do céu =O ahshashsahsahsahash
bjs ;* SAUDADES

Anônimo disse...

Que bela surpresa encontrar tanta sensibilidade, profundidade e clareza de expressão em alguém de 20 anos! Vc me obriga a derrubar alguns preconceitos sobre os "jovens de hoje", embora minha idade não seja tãããão maior que a sua. Fiquei fã!

Ser em construção disse...

Enlouqueça junto de ti
E perceberás quão loucos são os que nos rodeiam.
beijos