sexta-feira, 18 de julho de 2008

As verdades dentro de uma vida de mentiras

O silêncio não é mais uma opção; é uma lembrança remota que martela continuamente na mente.
#
Prometeram que as coisas mudariam, e que a rotina não seria mais uma obrigação. Prometeram que as palavras seriam apenas para o bem, e que nada era pessoal.
Prometeram mudanças.
Mas a solidão continua a me rodear, como antigamente.
#
Sinto sono. Muito.
Mas incrivelmente minha cabeça não relaxa quando deita no travesseiro à noite.
#
Sexta-feira. E a única coisa em que consigo pensar é que a semana já acabou.

Um comentário:

laís D'Andréa disse...

A vida seria muito melhor se as pessoas não fizessem tantas promessas. Não quer decepcionar? Não prometa nada por impulso; por isso, o silêncio é mestre...

E não há sono que faça descansar uma mente cheia de questões. Ainda bem que tudo passa; e digo isso sem demagogia.

Um beijo grande!