sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Push me up against the wall*


Hoje eu acho que estou legal. É um dia para abdicar dos conceitos e torná-los fatos atemporais.

Você sabe que cada vez que dou um passo na sua direção todo o resto que eu planejei vai por água abaixo: meu futuro promissor, minha família de cormecial de margaria, minha profissão dos sonhos, minha auto-realização.

Não que seja culpa sua, de qualquer forma.

Mas você não estava nos meus planos, não fazia parte do meu destino nem dos meus desejos. Só que estas coisas nunca estiveram sob nosso controle, não é? Pelo menos não sob o meu.

O mais engraçado de tudo isso é que você é exatamente o oposto daquilo que sempre procurei - um pouco de comodidade e de segurança. Isso não cabe a você.

Mas hoje eu estou bem. De uma maneira meio desesperadora eu me dei conta de tudo isso - e também de outras coisas de que não me orgulho e que fazem parte desta história sem pé nem cabeça da qual somos os protagonistas.

Então, só sorria pra mim. Diga as besteiras que sempre diz e me faça rir contigo.

Talvez eu possa esquecer quem eu sou e aprender a ser um pouco mais como você.


*Scar Tissue - Red Hot Chili Peppers

2 comentários:

jls disse...

"minha família de cormecial de margaria"- eu lembro perfeitamente dessa frase :) saudades...
"só sorria pra mim"- isso pode ser pouco mas há momentos que é mais que o bastante, é tudo... õ/

Bonnie disse...

LINDO